Agência Lowe
A LOWE tem um único objetivo: ser relevante para sua empresa, ajudando efetivamente nas estratégias de marketing e comunicação.
(41) 3018-4099
(41) 9578-4787
Siga nossas Redes

O que fazer com um LEAD gerado?

O que fazer com um LEAD gerado?

 

Se você está lendo isso, bem provavelmente sua empresa já tem uma estratégia de marketing digital. E isso é muito bom. Atualmente, praticamente 90% das decisões de compra passam pela internet, seja em uma busca no Google, seja no Facebook, seja no Instagram, entre outros canais digitais.

O consumidor (cliente) compara, julga, decide o que vai fazer, comer, comprar pelo celular ou pc (pelo celular mais do que nunca).

Dentro desse cenário, duas ações digitais se destacam quando o objetivo é alcançar o público-alvo da sua empresa, gerando os LEADS (potenciais clientes):

Anúncios no Google.

Anúncios no Facebook/Instagram.

Com campanhas inteligentes e bem construídas, é possível gerar cadastros (que trazem nome, email, telefone, interesses, desejos) para que sua equipe comercial trabalhe diretamente no funil de vendas.

 

É aqui que começa a resposta para o título deste conteúdo: O que fazer com um LEAD gerado?

 

Famoso funil de vendas

Um funil básico de vendas é composto por LEADS de topo, meio e fundo de funil.

Quando falamos do topo, falamos de LEADS que ainda estão na fase de pesquisa, de análise, de comparação.

Se nos referimos ao meio do funil, trata-se de LEADS que já sabem que tem um problema e que sua empresa pode realmente ajudá-los, mas não necessariamente estão decididos a comprar naquele momento.

Já os de fundo de funil, são os LEADS mais desejados por todas as empresas, pois são potenciais clientes que já fizeram toda lição de casa, que estão com um problema latente e que já identificaram que sua empresa pode verdadeiramente os ajudar.

Os LEADS que sua empresa recebeu são de topo, meio ou fundo de funil?

Saber essa resposta é o primeiro ponto para efetivar um potencial cliente em cliente real.

 

O que fazer com LEADS de topo de funil

Potenciais clientes que ainda estão descobrindo como resolver um problema que talvez eles tenham são os mais difíceis de converter em vendas.

Isso porque é necessário trabalhar em conjunto com o tempo de necessidade dele.

Vamos pegar como exemplo um empresário que está tendo dificuldades em aumentar as vendas da sua empresa. A partir de uma pesquisa no Google, ele vai atrás de assuntos como “aumentar vendas”, “estratégias para aumentar o faturamento”, entre outros.

Depois de muita pesquisa e leitura, ele cai no site da LOWE, porque entendeu que as redes sociais pode ser um caminho e baixa o material “10 Passos Para Aumentar Fãs, Gerar Engajamento e Vender Mais Usando o Facebook”.

Isso significa que ele está pronto para ser nosso cliente? Ainda não. Apenas que ele está buscando estratégias para aumentar as vendas e que quer saber se o Facebook pode ajudar nessa missão.

Portanto, o que devemos fazer com LEADS de topo de funil?

Nutrir a relação.

Ou seja, entregar, através de emails automáticos ou personalizados, mais conteúdos que possam realmente ajudar esse potencial cliente a retirar todas as dúvidas, fazendo ele descer para o meio do funil…

 

O que fazer com LEADS de meio de funil

Um LEAD de meio funil ele já entendeu que tem um problema, já entendeu que existe solução, mas agora está comparando as possibilidades (a concorrência, a melhor estratégia, a melhor ação).

Esse é o momento de deixar claro que você pode ajudá-lo e provar isso de todas as maneiras possíveis.

É o momento de agregar valor o máximo que você puder.

É o momento de dar algo de graça, de ajudar sem querer nada em troca, de ter uma relação bem pessoal e personalizada.

É hora de marcar a reunião, de fazer o possível para ir até sua loja, sua clínica, sua empresa.

É o momento de entender todas as dores, os problemas e mostrar com todas as palavras que você pode ajudar – e com o melhor benefício possível.

É o momento que separa as empresas amadoras das profissionais.

 

O que fazer com LEADS de fundo de funil

Vender.

Vender com excelência. Vender com um atendimento tão ótimo que ele queira muito voltar.

Vender e atender tão bem para ser indicado.

Vender para receber avaliações positivas nas redes sociais.

 

Um adendo importante

A grande maioria, cerca de 95% dos LEADS gerados em estratégias de marketing digital, são de topo ou meio de funil.

Essa é a verdade.

E isso é o normal simplesmente porque a concorrência atualmente é cada vez maior e os canais mais diversificados.

Vai da empresa querer efetivamente mostrar e agregar valor em cada etapa de relacionamento com os potenciais clientes.

O que nunca fazer com LEADS gerados

.Não colocá-los em um CRM (se não sabe o que é isso ainda, Google já)!

.Não contactá-los de forma personalizada.

.Não entender a real necessidade do LEAD.

.Não trabalhá-los com estratégias de topo, meio e fundo de funil.

.Desistir logo na primeira tentativa de contato, pois a pessoa não atendeu ou não respondeu (essa é a pior ação possível).

 

Divulgue esse conteúdo. É rápido e fácil!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Sem comentários

POST A COMMENT